PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
DINÂMICAS TERRITORIAIS 

E SOCIEDADE NA AMAZÔNIA

SEMINÁRIO MINERAÇÃO NA AMAZÔNIA: ESTADO, TRABALHO E SOCIEDADE NA CADEIA PRODUTIVA DO AÇO

SEMINÁRIO Mineração na amazônia: estado, Trabalho e sociedade na cadeia produtiva do aço

09 a 11 de junho de 2015

Apresentação:

Este seminário tem como objetivo debater os efeitos regionais da atividade mineradora do ferro para exportação, colocando em evidência o extrativismo do minério, a fabricação do carvão e a siderurgia do ferro-gusa com fábricas instaladas no corredor Carajás (de Parauapebas-PA a São Luis- MA), por onde passam os trilhos que escoam  o ferro das Minas de Carajás. Bastante complexas, as discussões aqui propostas exigem um exercício multidisciplinar, o que supõe abordar aspectos econômicos, sociais, políticos, culturais e os relativos à produção e realização do trabalho, envolvendo suas interpelações rurais e urbanas, bem como locais e globais.

Espera-se com isso possibilitar o intercâmbio entre as universidades envolvidas  (UNIFESSPA; UNESP E PUC/SP), por intermédio dos três grupos de pesquisas que organizam o evento e, assim, constituir um espaço multidisciplinar de pesquisa, documentação, informação, análise crítica e debate sobre a expansão capitalista e as políticas socioprodutivas praticadas em territórios da Amazônia, em especial o sudeste paraense.

Ao identificarmos a complexa teia de realidades distintas, que atestam a difusão desigual das formas produtivas, esperamos contribuir para a compreensão de dinâmicas do capitalismo contemporâneo expressas no movimento interativo entre o local e o global.  No sudeste paraense, o deslocamento das empresas e das novas tecnologias, bem como as dinâmicas do mercado internacional imprimem feições às políticas de Estado, cujos impactos queremos analisar, tendo em vista uma caracterização crítica do projeto capitalista em curso e das relações de trabalho que prevalecem na região.

 

 PROGRAMAÇÃO AQUI