Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

pt PT en EN

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página

Perfil do Egresso

Publicado: Terça, 04 de Fevereiro de 2020, 10h48 | Última atualização em Terça, 21 de Julho de 2020, 11h22 | Acessos: 475

Perfil do Egresso


Os setenta e três (73) alunos egressos do PDTSA apresentam os perfis abaixo delineados na sua proposta:

• O profissional formado por PDTSA deve estar apto a atuar na docência superior e em outras práticas profissionais a partir de uma abordagem multidisciplinar;

• O profissional deve ser capaz de refletir, criticamente, sobre as dinâmicas sociais, políticas e ambientais que perfazem a complexidade regional amazônica.

• A formação deste profissional deve gerar novos conhecimentos sobre as problemáticas sociais, culturais e ambientais desta região, permitindo a atuação em diferentes setores;

• O profissional deve ser capaz de problematizar a realidade local e global, propondo alternativas de minimização.


Esses egressos destacam-se em diversas áreas do conhecimento, ainda fortemente em nível local e regional, respondendo diretamente às demandas emergentes, como na docência em nível básico, médio e superior no âmbito, federal, estadual e municipal, na assessoria e na parceria com movimentos sociais representando populações vulneráveis, órgãos públicos de extensão, secretarias municipais e estaduais de ensino e meio ambiente.

Acompanhamento de Egressos

O PDTSA atualmente acompanha os egressos a partir: a) da participação destes exalunos em grupos de pesquisa cadastrados no CNPq e coordenados por docentes do Programa; b) do incentivo à publicação em coautoria com ex-orientadores e demais docentes do curso; c) da participação como membros de projetos e na organização dos eventos e debates das linhas de pesquisa, contribuindo ainda nas ações junto aos cursos de graduação; d) da participação de egressos em banca de defesa de Trabalho de Conclusão de Curso e de monografia de especialização. Também oportuniza-se por correspondência eletrônica, por email e facebook, através de convites para participar das atividades frequentes do PDTSA. Os mestres diplomados têm origem de diferentes cursos de graduação como: Comunicação Social, Direito, Ciências Sociais, Letras, História, Filosofia, Geografia, Agronomia, Administração, Pedagogia, Serviço Social, Engenharia de Produção, Nutrição, Antropologia, Contabilidade. Atuam como professores em instituições públicas no ensino básico e ensino superior público e privado. Alguns em outras práticas que exigem profissionais com um perfil de formação interdisciplinar e humanista, como, por exemplo, em assessorias a/com movimentos sociais na região e no ministério público e prefeituras municipais e em institutos como o INCRA E EMATER. A seguir:


Laércio Rocha de Sena: Foi aprovado em 2014 no concurso público para professor de História do Brasil, na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará/Unifesspa, no Instituto de Estudos do Trópico Úmido, no Campus de Xinguara. Atualmente cursa o Doutorado no Programa de Pós-graduação em História Social da Amazônia, na Universidade Federal do Pará (UFPA), onde desenvolve pesquisa voltadas para a História Indígena, mais precisamente os povos indígenas do vale dos rios Araguaia e Tocantins, entre meados do século XIX e início do século XX. Em 2018 publicou juntamente com outro egresso do PDTSA Ribamar Ribeiro Júnior o seguinte artigo: O tempo aldeia: construindo uma nova prática pedagógica. Revista Brasileira de Educação do Campo, v. 3, p. 57-75, 2018. Em 2019, publicou o capítulo de livro intitulado “O teatro das mais encarniçadas lutas contra os índios?: o presídio de Santa Maria do Araguaia e os Kayapó na fronteira Araguaia, em fins do século XIX. In: Marieta Pinheiro de Carvalho, Margarida Durães, Vitória Schettini de Andrade. (Org.). Movimentos, trânsitos & memórias: novas perspectivas (século XVII-XIX). 1ed.Niterói: ASOEC / UNIVERSO, 2019, v. 1, p. 348-361.Coordenou o simpósio temático, juntamente com RIBEIRO, N. B. ; ANJOS, H. P. intitulado “Representações discursivas e experiências de sujeitos em territorialidades amazônidas, 2019 (Coordenação de Simpósio Temático).
Participou do curso de curta duração com ALENCAR, Maria Cristina Macedo . Agora é outra história - Diálogos sobre a educação das Relações Étnico-Raciais para o ensino de História e cultura brasileira, africana e indígena. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Outra). Participou das bancas de defesa de monografia de especialização e trabalhos de conclusão de curso a seguir: a) SENA, L. R.; ALENCAR, Maria Cristina Macedo; FERNANDES, Rosani F; PRAZERES, M. S. C. Participação em banca de Genilson de Sousa Santos. Contribuições ao currículo próprio da escola indígena Karaí Guaxu no sudeste do Pará. 2019. Monografia Aperfeiçoamento/Especialização em Práticas Pedagógicas na Educação do CAmpo) - Universidade Federal do Pará.b) ALENCAR, Maria Cristina Macedo; SENA, L. R.; POSSAS, H. M. Participação em banca de Glaucia Helena Vieira da Silva. Memorial Formativo: como me tornei professora. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. C) ALENCAR, Maria Cristina Macedo; SENA, L. R.; COSTA, L. S; KAYAPÓ, Eketi. Participação em banca de Bep Punu Kayapó.Be jakam bit djá gu me arym ba kaben o ba bit noro ket ? Se nós escrevemos a nossa língua a gente não esquece. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Participou também do II Colóquio Internacional Movimentos: Trânsitos & Memórias.? O teatro das mais encarniçadas lutas contra os índios?: o presídio de Santa Maria do Araguaia e os Kayapó na fronteira Araguaia, em fins do século XIX. 2019.


Ribamar Ribeiro Júnior é professor efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, Campus Rural de Marabá, coordenando o curso Técnico em Agroecologia dos Povos Indígenas e compõe a Coordenação Colegiada do Núcleo de Agroecologia do Campus Rural de Marabá. Doutorando em andamento em Antropologia (Conceito CAPES 4). Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil. Em 2018 publicou juntamente com o egresso do PDTSA Laécio Rocha Sena, o artigo” O tempo aldeia: construindo uma nova prática pedagógica. Revista Brasileira de Educação do Campo, v. 3, p. 57-75, 2018” e o artigo “Aspectos do modo de vida e do Viver-Saber Kikatêjê. Revista Sumaúma, v. 10, p. 85-91, 2018”. Em 2019 participou: a) do II Colóquio de Pesquisas Científicas no Vale do Araguaia Paraense. Territorialidades Indígenas no Vale do AraguaiaTocantins: Resistências e formas de vivências. 2019; b) III Congresso Internacional dos Povos Indígenas da América Latina. Memórias do contato: A trajetória de um Gavião Parkatêjê. 2019; c) Seminário Povos Indígenas e Universidade Memórias de Pesquisa no Sudeste do Pará. 2019.


Flávia Marinho Lisbôa: é Membro do Grupo de Pesquisa Cultura, Identidades e Dinâmicas Sociais na Amazônia Oriental Brasileira, cadastrado no CNPq, sob a coordenação da Profa. Dra. Idelma Santiago da Silva. Foi aprovada em 2017 em concurso público para professor efetivo de um curso de graduação em Letras, na Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra). A temática de pesquisa do mestrado favoreceu a sua participação em duas bancas de Trabalho de Conclusão de Curso na graduação em Letras/Unifesspa. Em2015 foi aprovada para o doutorado no Programa de Pós-Graduação em Letras na UFPA. Em 2018 publicou o capítulo de livro “Letramento, interculturalidade e alternância no ensino de língua: ponderações a partir das Dinâmicas Territoriais da Mesorregião Sudeste Paraense. Amazônia(s), volume 1: diálogos socioculturais e socioeducativos [recurso eletrônico]. 1ed.Porto Alegre: Editora Fi, 2018, v. 1, p. 157-172.Em 2019, concluiu o doutorado em Letras: Lingüística e Teoria Literária (Conceito CAPES 5), na Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil, com a Tese intitulada “Língua como linha de força do dispositivo colonial: os Gavião entre a aldeia e a universidade: 2019. Em 2019 publicou o capítulo de livro LISBÔA, F. M.; ANJOS, Hildete. P. PLEBISCITO PARA A CRIAÇÃO DO ESTADO DE CARAJÁS: FORMAÇÕES DISCURSIVAS E IDEOLÓGICAS NA PROPAGANDA ELEITORAL RADIOFÔNICA. In: Hildete Pereira dos Anjos Nilsa Brito Ribeiro. (Org.). HETEROGENEIDADES DISCURSIVAS NA AMAZÔNIA ORIENTAL BRASILEIRA: RELAÇÕES DE PODER E RESISTÊNCIAS. 1ed.São Carlos: Pedro e João, 2019, v. 1, p. 99-124. Também em 2019 recebeu o aceite de publicação do artigo : LISBÔA, F. M.; NEVES, I.S. . SOBRE ALUNOS INDÍGENAS NA UNIVERSIDADE: DISPOSITIVOS E PRODUÇÃO DE
SUBJETIVIDADES. Cadernos CEDES (UNICAMP) Impresso, 2019. Apresentou os trabalhos: a) LISBÔA, F. M. DIÁLOGOS INTERCULTURAIS: PRODUÇÃO DE SUBJETIVIDADES E EFEITOS GENEALÓGICOS NO CONFLITO/NEGOCIAÇÃO ENTRE UNIVERSIDADE E GRADUANDOS INDÍGENAS. 2019. (Apresentação de Trabalho/Outra). b) LISBÔA, F. M.; NEVES, I. S. ; LEITE, M. F. ; SILVA, Jerônimo Silva Roda de conversa 'Políticas de acesso e permanência em universidades federais do Pará, Amazônia, Brasil'. 2019. (Apresentação de Trabalho/Outra). Participou das bancas de conclusão de curso: a) LISBÔA, F. M.; OLIVEIRA, C. D. S.; ATAIDE, W. L. S.. Participação em banca de MARIA GRETCHEN DO NASCIMENTO SOUZA.CARACTERIZAÇÃO E IMPORTÂNCIA DA PLURIATIVIDADE NA REPRODUÇÃO SOCIOECÔNOMICA DE AGRICULTORES FAMILIARES DA COMUNIDADE BOLA PRETA, CAPITÃO POÇO, PARÁ, BRASIL. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Zootecnia) - Universidade Federal Rural da Amazônia. B) LISBÔA, F. M.; OLIVEIRA, C. D. S.; ATAIDE, W. L. S.. Participação em banca de NANCY EULALIA MELO FONSECA.CARACTERIZAÇÃO E IMPORTÂNCIA DA PLURIATIVIDADE NA REPRODUÇÃO SOCIOECÔNOMICA DE AGRICULTORES FAMILIARES DA COMUNIDADE BOLA PRETA, CAPITÃO POÇO, PARÁ, BRASIL.. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Zootecnia) - Universidade Federal Rural da Amazônia. Participou do IV Colóquio Internacional Discurso e Mídia na Amazônia: Interculturalidade e Resistência. Simpósio Temático 01 “Discursos de resistência na mídia e na educação: práticas contra hegemônicas e diálogos interculturais”. 2019. (Outra). B) IV Colóquio Internacional Discurso e Mídia na Amazônia: Interculturalidade e Resistência. DIÁLOGOS INTERCULTURAIS: PRODUÇÃO DE SUBJETIVIDADES E EFEITOS GENEALÓGICOS NO CONFLITO/NEGOCIAÇÃO ENTRE UNIVERSIDADE E GRADUANDOS INDÍGENAS. 2019. Outra). Participou como membro de organização de evento: a) LISBÔA, F. M.; ANJOS, H. P. ; NEVES, I. S. ; SILVA, Jerônimo Silva e ; POSSAS, Hiran de Moura . IV Colóquio Internacional Discurso e Mídia na Amazônia: Interculturalidade e Resistência. 2019. (Outro). B) LISBÔA, F. M.. I CICLO DE DEBATES EM ALUSÃO AO 25 DE JULHO - DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES NEGRAS DA AMÉRICA LATINA E DO CARIBE. 2019. (Outro).


Cristiano Bento da Silva: Concluiu o mestrado em 2014 e em 2019 concluiu o doutorado Doutor em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Pará. Atualmente é professor Adjunto I, lotado no
Instituto de Estudos do Xingu, da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará/Campus de São Félix do Xingu. Em 2018 publicou o artigo: SOUSA, M.M. ; SILVA, C. B. . A vida e as condições do viver: migração e trabalho em um município paraense. AGENDA SOCIAL (UENF), v. 12, p. 31-50, 2018. Entre os anos de 2017 e 2018 apresentou os trabalhos: a) ILVA, C. B.. Etnociências e suas Abordagens: Etnografia de saberes, práticas e cosmovisões na relação humano-natureza. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra). B) SILVA, C. B.. Povos tradicionais, memória e prática política no debate sobre a Hidrovia raguaia - Tocantins. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra). C) Costa, Rita P. da. ; SILVA, C. B. . Novas Tecnologias para a pesquisa: um olhar para a fonte documental e a produção audiovisual. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra). Em 2020 participou da banca de defesa de mestrado CAMARGO, N. S.; CHAGAS, A. F.; SILVA, C. B.; MATOS, B. A.; GONTIJO, F. S.. Participação em banca de Dilma Costa Ferreira. "Cultura", Língua e Oralidade Mebengokre Sob o Prisma de Seus Mitos. 2020.

Dissertação (Mestrado em Antropologia social) - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. Entre os anos de 2018 e 2019 participou das bancas de trabalho de conclusão de curso a seguir: a) Costa, Rita P. da.; CUNHA, C. V.; SILVA, C. B.. Participação em banca de Ezequias Nazareno de Lima. Práticas sociais: ação coletiva nas relações de trabalho e reciprocidade no Projeto de Assentamento Luiz Carlos Prestes. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. B) ATAIDE, L. B.; SILVA, C. B.. Participação em banca de Paulo Ferreira Carvalho. BAÝ BÀRI: tradição oral e narrativas do povo Mebêngôkre. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. C) GOMES, E. F.; SILVA, C. B.. Participação em banca de Livia Luiz de Souza Brito. DIVERSIDADE LINGUISTICA DO POVO MÊBENGOKRÊ: uma breve análise sociolinguistica de alguns dados da lingua Mêbengokrê Tepdjãti no municipio de São Félix do Xingu - PA. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. D) LOPES, E. N.; SILVA, C. B.. Participação em banca de SAMARA DA SILVA FERNANDES LOPES.RESISTÊNCIA, MEMÓRIA E LUTA FEMININA NA CRÔNICA "CAPÍTULO DOS RELÓGIOS", DE ENEIDA DE MOARES E EM POEMAS DEDICADOS A HELENIRA RESENDE. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Língua Portuguesa) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. E) SILVA, C. B.; Costa, Rita P. da.; POSSAS, H. M.; CUNHA, C. V.. Participação em banca de Maria Raimunda Dias Barbosa. COMUNIDADE DA VILA DIAMANTE: ABORDAGEM HISTÓRICA E PRÁTICAS SOCIECOLÓGICAS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. F) CUNHA, C. V.; MELO, L. S.; SILVA, C. B.; HERRERA, P. G.. Participação em banca de Ligiane Vieira
Lima.EDUCAÇÃO POPULAR: A DIMENSÃO DO TRABALHO DA PESCA NA COMUNIDADE DE APINAJÉS, SÃO JOÃO DO ARAGUAIA, PARÁ, BRASIL. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Em 2019 participou da banca julgadora: MARGARIDA, A.; SILVA, C. B.. COMISSÃO JULGADORA DA 2ª ETAPA DO PSE/FECAMPO/UNIFESSPA. 2018. Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará e do evento 43º ANPOCS. MEMÓRIAS QUE NÃO AFUNDAM: A INTERRELAÇÃO ENTRE DOIS PROJETOS DE GRANDE ESCALA A PARTIR DE UMA LEITURA RIBEIRINHA. 2019. (Congresso). Após a conclusão do mestrado assumiu a atividade de pesquisador colaborador do Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia (PNCSA), atuando na região sudeste do estado do Pará. É pesquisador colaborador do Programa de Educação Tutorial: Observatório de Estudos da Fronteira- políticas territoriais,
movimentos sociais e sistemas familiares de produção, pertencente ao Núcleo de Educação do Campo da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. É assessor comunitário pelo Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu- MIQCB-, atuando nas regionais do Pará, Tocantins e na região de Imperatriz (MA). Em 2015, foi aprovado para o doutorado no Programa de Pós-Graduação em Antropologia e Sociologia, na UFPA. Em 2018 participou também das bancas de defesa de TCC de Maria Raimunda Dias Barbosa. COMUNIDADE DA VILA DIAMANTE: ABORDAGEM DAS PRÁTICAS SOCIECOLÓGICAS. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduaçãoem Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará e participação em banca de Ligiane Vieira Lima. EDUCAÇÃO POPULAR: A DIMENSÃO DO TRABALHO DA PESCA NA COMUNIDADE DE APINAJÉS, SÃO JOÃO DO ARAGUAIA, PARÁ, BRASIL. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará;

 Valtey Martins de Souza:é professor de escola pública do município de São Domingos do Araguaia-Pará,atuando no ensino de Geografia, e foi um dos responsáveis pela última Edição e Editoração da Revista Confronteiras do Instituto de Ciências Humanas (ICH) da Unifesspa. Em 2018 participou do evento Gestão Ambiental, Diagnóstico e Sustentabilidade Territorial. 2018. (Outra). Em 2019 apresentou o trabalho: SOUZA, V. M.; MELLO, A. H. AÇÃO E PERCEPÇÃO DAS QUEBRADEIRAS DE COCO BABAÇU EM SEUS TERRITÓRIOS. 2019.

Patrick Oliveira Costa: Conclui o mestrado em 2015. Atualmente é professor na rede estadual de ensino.


Sabrina Padilha Menezes: Conclui o mestrado em 2016 e atualmente participa do Grupo de Pesquisa Educação, Saberes e (De) Colonialidades (FEB/UnB-CNPq). Em 2018 publicou as seguintes obras técnicas: a) MENEZES, Sabrina Padilha; PANTOJA, B. M. X. . Grupo de Dança Metropolitana. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão). b) MENEZES, Sabrina Padilha; TORRES, F. ; MACHADO, R. A. G. ; ROCHA, L. C. S. ; SOUSA, E. M. . Curso de Programação de Computadores no Ensino Fundamental. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão). c) MENEZES, Sabrina Padilha; TORRES, F. ; BRITO, G. F. ; PACHECO, B. F. ; OLIVEIRA, W. S. . Curso de Programação de Computadores no Ensino Médio. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão). d) MENEZES, Sabrina Padilha; TORRES, F. ; SANTANA, G. S. R. ; SOUZA, M. V. S. . Curso de Montagem e Manutenção de Microcomputadores no Ensino Médio. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão). e) MENEZES, Sabrina Padilha; SANTOS, J. S. . I Sábado do Saber Metropolitana. 2018.  (Curso de curta duração ministrado/Extensão). f) MENEZES, Sabrina Padilha. Oficinas de Produções Acadêmicas segundo ABNT. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).
Em 2018 participou das bancas de defesa de monografia de especialização a saber: a) MENEZES, Sabrina Padilha; MANCO, S. G. S. V.; ALESSIO JUNIOR, L. E.. Participação em banca de Andressa Fontana. Tratamento da Classe II com extração de dois pré-molares superiores. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Ortodontia) - FACULDADE DO CENTRO OESTE PINELLI HENRIQUES. B) REIS, R. S.; MANCO, S. G. S. V.; MENEZES, Sabrina Padilha. Participação em banca de Felipe Monteiro Pires. Possibilidades de Tratamento sem extração em casos de apinhamento moderado e severo na mandíbula. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Ortodontia) - FACULDADE DO CENTRO OESTE PINELLI HENRIQUES. B) REIS, R. S.; MENEZES, Sabrina Padilha; MANCO, S. G. S. V.. Participação em banca de Mariana Santos Nascimento. Verticalização dos Molares Inferiores. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Ortodontia) - FACULDADE DO CENTRO OESTE PINELLI HENRIQUES. C) ALESSIO JUNIOR, L. E.; MENEZES, Sabrina Padilha; MANCO, S. G. S. V.. Participação em banca de Wanessa Zanini Soares. Mecânica de Intrusão de Molares Superiores com auxílio de Mini Implantes. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Ortodontia) - FACULDADE DO CENTRO OESTE PINELLI HENRIQUES. D) MENEZES, Sabrina Padilha; REIS, R. S.; MANCO, S. G. S. V.. Participação em banca de Suziane Oliveira. Tratamento Ortodôntico para Agenesia de Incisivo Lateral Superior. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Ortodontia) - FACULDADE DO CENTRO OESTE PINELLI HENRIQUES. Em 2018 participou das seguintes bancas julgadoras: a) MENEZES, Sabrina Padilha; ARAUJO, C. M. A.; OLIVEIRA, P. E.; OTTONI, S. A.. 1˚ Mostra de Iniciação Científica. 2018. FACULDADE METROPOLITANA. B) MENEZES, Sabrina Padilha; ARAUJO, C. M. A.; GASPAR, P. A.; OTTONI, S. A.. 2˚ Mostra de Iniciação Científica˚ Mostra de Iniciação Científica. 2018. FACULDADE METROPOLITANA. C) MENEZES, Sabrina Padilha; CASTRO, K. K. V.. VIII Feira de Ciências do Semiárido Potiguar. 2018. Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Entre os anos de 2017 e 2018 participou da organização dos eventos: a) MENEZES, Sabrina Padilha; Saberes e Decolonialidades, G.P ; TRADICIONAI, M. E. S. P. E. T. ; ONG, R. C. ; UNB, S. I. F. E. ; PPGCEN/IDA/UNB, G. I. E. . II Narrativas Interculturais e Decoloniais em Educação. 2019. (Congresso). B) MENEZES, Sabrina Padilha; RABELO, L. C. C. ; SANTOS, L. C. G. ; COSTA, E. F. . V Congresso Paraense de Educação Especial. 2018. (Congresso). C) MENEZES, Sabrina Padilha. Vestibular Faculdade Metropolitana. 2018. (Concurso). D) MENEZES, Sabrina Padilha; OTTONI, S. A. ; OLIVEIRA, P. E. . Intensivo Pré-Universitário #PartiuAula. 2018. (Outro). Em 2018 orientou os trabalhos de conclusão de curso a seguir: a) Suziane Oliveira. Tratamento Ortodôntico para Agenesia de Incisivo Lateral Superior. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Ortodontia) - FACULDADE DO CENTRO OESTE PINELLI HENRIQUES. Orientador: Sabrina Padilha de Menezes. B) Ivoneide Gonçalves de Melo Gonzales. A importância do Tratamento Precoce da Mordida Aberta: Conceito, Diagnóstico e Tratamento. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Ortodontia) - FACULDADE DO CENTRO OESTE PINELLI HENRIQUES. Orientador: Sabrina Padilha de Menezes. C) Andressa Fontana. Tratamento da Classe II com extração de dois pré-molares superiores. 2018. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Ortodontia) - FACULDADE DO CENTRO OESTE PINELLI HENRIQUES. Orientador: Sabrina Padilha de Menezes. Ministrou os seguintes cursos: a) MENEZES, Sabrina Padilha; SANTOS, J. S. . I Sábado do Saber Metropolitana. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão). b) MENEZES, Sabrina Padilha. Oficinas de Produções Acadêmicas segundo ABNT. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Ingrid Fernandes Gomes Pereira Brandão: concluiu o mestrado em 2017 e atua no Atendimento Educacional Especializado de alunos com Deficiência Visual e é coordenadora do Departamento de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação (SEMED). Em 2018 participou da banca de avaliação de trabalho de conclusão de curso: ANJOS. Hildete pereira; BRANDÃO, I. F. G. P.; FEITOSA, T. C. Participação em banca de Laiane da Silva Ferreira.Leituras: uma análise acerca da leitura de mundo no aprendizado da leitura da palavra. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.


Talita Silva Monteiro: concluiu o mestrado em 2017 e não exerce atividades acadêmicas.


Joyce Cardoso Olímpio Ikeda foi professora da Faculdade Metropolitana; membro do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Mudança Social no Sudeste Paraense - GEPEMSSP – Unifesspa, cadastrado no CNPq, sob a coordenação da Profa. Dra. Célia Regina Congilio. Em 2016, foi aprovada no doutorado em Políticas Públicas, na Universidade Federal do Maranhão. Participou também das bancas de trabalho de conclusão de curso as seguir: a) CONGILIO, C. R.; MOREIRA, E. S. S.; IKEDA, J. C. O.; BARBOSA, C. Participação em banca de Elen Lima Ivo. A natureza contigencial do sistema político brasileiro durante o regime militar (1964-1988). 2017.Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. B) CONGILIO, C. R.; MOREIRA, E. S. S.; IKEDA, J. C. O.; COSTA, M. S. Participação em banca de Raquel Costa Trajano. A influência da expansão do capital na estrutura da classe burguesa regional no sudeste paraense: um estudo sobre a configuração e reconfiguração política e econômica e a inserção do grande comércio em Marabá-PA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Em 2018 defendeu seu trabalho de qualificação de tese de doutorado intitulado “Mineração transacional e lutas sociais na Amazônia”, sob a coorientação da Prof. Dra. Célia Regina Congilio. Em 2019 encontra-se finalizando o doutorado em Políticas Públicas, na Universidade Federal do Maranhão em realizou duas publicações artísticas culturais a saber: a) IKEDA, J. C. O.. Iansã, Deus Mulher Negra. 2019. Pintura. B) IKEDA, J. C. O.. Fragmentada. 2019. Outra.

André Santos de Sousa: atua em assessoria à secretaria de obras e engenharia da Prefeitura Municipal de Parauapebas-PA;

Tiese Rodrigues Teixeira Jr: é professor da escola pública do município de Goianésia do Pará-PA. É professor colaborador da Universidade Federal do Oeste do Pará-UFOPA, desenvolvendo ensino em curso de graduação através do PARFOR/MEC/FNDE. Doutor, em 2018, do Núcleo de Altos Estudos da Amazônia-UFPA, sob a orientação do Prof. Maurílio de Abreu Monteiro, e defendeu em 2019 a tese intitulada “A racionalidade da pecuarização da produção camponesa na Amazônia: o caso da região de Marabá, PA,”. Integra o Projeto de Pesquisa Controle do desmatamento e municipalização da regulação ambiental na Amazônia brasileira, coordenado pelo Prof. Marcelo Sampaio Domingos Carneiro. Publicou em 2018 o artigo “Relações com o saber narrativas de alunos da educação básica sobre ensino de história. ESCRITAS: REVISTA DOCURSO DE HISTÓRIA DE ARAGUAÍNA, v. 9, p. 56-70, 2018”. Também foi organizador e autor dos livros a saber: a) NO TIPITI, NA PENEIRA. 1º. ed. Curitiba: DTX, 2018. v. 1000. 56p . b) Estudos Amazônicos volume 01. 1º. ed. Belém: PakaTatu, 2018. v. 500. 56p. c) TEIXEIRA JUNIOR, T. (Org.) ; PACHECO, A.S. (Org.) ; Teixeira Jr (Org.) . AMAZÔNIAS diálogos socioculturais e socioeducativos. 1º. ed. Curitiba: Fi,2018. v. 1000. 216p;


Renato Noronha Martins é professor da rede pública de ensino no município de São Domingos doAraguaia, na área de Geografia e assessorou a Prefeitura Municipal de Educação deste município, no queconcerne a questões de preservação ambiental. Atualmente é secretário de educação desse município. Em 2019 concluiu o Doutorado em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (Conceito CAPES 6). Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil. Com a tese intitulada “A pecuarização e o sentido prático da agricultura familiar na Amazônia: o caso da região de Marabá, PA, Ano de obtenção: 2019, orientado pelo prof. Dr. Maurílio de Abreu Monteiro. Coordenouo Minicurso REDAÇÃO ESCOLAR EM CONTEXTO AMAZÔNICO no município de Goianésia do Pará, nas dependências da escola estadual professora Anunciada Chaves, nos dias 19 e 26 de outubro de 2019, com estudantes do ensino fundamental, médio e professores da rede municipal de ensino. O projeto é resultado na articulação entre o Programa de Pós-Graduação em Dinâmicas Territoriais e Sociedade na Amazônia (PDTSA com a escola básica da rede estadual de ensino e das atividades decorrentes do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Mudança Social no Sudeste Paraense.

Rosemayre Lima Bezerra: É assessora da Comissão Pastoral da Terra (CPT/Marabá/PA) e Professora d eSociologia da rede estatual de ensino do Pará. Anilson Russi: Assessor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Pará (SINTEPP);


Claudionísio de Souza Araújo: é professor efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, Campus Rural de Marabá. Em 2018 publicou “SILVA, A. L. ; OLIVEIRA, M. G. ; ARAUJO, Claudionisio de Souza ; Morais, A. B. F. ; SILVA, A. C. L. ;MIRANDA, I. . Efeitos de diferentes tamanhos de fragmentos florestais sobre a diversidade, qualidade decopa e fuste da Carapa guianensis, Sudeste do Pará. In: XIV Encontro Regional das Agrárias - ERA, 2018,Marabá - Pará. Sustentabilidade e diversidade na Amazonia: Perspectivas produtivas, 2018”. Em 2019 apresentou o trabalho OLIVEIRA, M. G. ; ARAUJO, Claudionisio de Souza ; Morais, A. B. F. ; AMARAL, D. A. . Fragmentos florestais no Projeto de Assentamento Agroextrativista Praialta Piranheira, Sudeste do Pará. 2019. (Apresentação de Trabalho/Simpósio). Participou dos seguintes eventos: a) III Mostra de Plantas Medicinais do Campus Rural de Marabá. Manipulação de óleo de Andiroba (Garapa guianensis Aubl.) na fabricação de fitoterápicos artesanais. 2019. (Oficina). B) Inova Flora 2019. (Seminário). C) Inova Rural 2019. 2019. (Seminário). D) Interlegis de Comportamento e Imagem Pública - Cerimonial no Ambiente Legislativo. 2019. (Oficina). E) Simposio de Gestão do Conhecimento e Biodiversidade.Fragmentos Florestais no Projeto de Assentamento Agroextrativista Praialta Piranheira, Sudeste do Pará. 2019. (Simpósio). G) Simposio de Gestão do Conhecimento e Biodiversidade da Floresta Nacional do Tapirapé - Aquiri. 2019. (Simpósio).

Karolinny Carneiro Guerra Costa: é Membro do Grupo de Pesquisa Meio Ambiente, Desenvolvimento Rural e Inovação Tecnológica na Amazônia, cadastrado no CNPq, sob a coordenação da Profa. Dra. Rosana Quaresma Maneschy. A temática de pesquisa do mestrado favoreceu a sua participação em três bancas de Trabalho de Conclusão de Curso na graduação em Agronomia/Unifesspa. Em 2018 publicou os artigos: a) MANESCHY, R. Q.; QUEIROZ, J. F. O papel da Universidade na construção do conhecimento agroecológico no Sudeste do Pará. Cadernos Agroecológicos, v. 13, p. 950, 2018. B) GUERRA-COSTA,K. C.; COSTA JUNIOR, J. S. ; MANESCHY, R. Q. A implantação de sistemas agroflorestais via PRONAF floresta no Sudeste do Pará. Cadernos Agroecológicos, v. 13, p. 345, 2018;

Luciano Laurindo dos Santos é professor de escola pública do município de Marabá-Pará, atuando no ensino de Geografia e em 2016foi aprovado no Programa de PósGraduação Doutorado em Geografia da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Nos anos de 2017 e 2018 publicou os seguintes artigos: a) SANTOS, L. L.; CURY, M. J.F. ; SILVA, A. A. ; COELHO, A. M. S. . Escola Juventude e Quilombo: Um Estudo de Caso na IIha São Vicente Araguatins-Tocantins-Brasil. REVISTA CARIBEÑA DE CIENCIAS SOCIALES, v. 01, p. 60, 2018.B) LIMA, I. C. ; SANTOS, L. L. . Sujeitos Assentados e Sua Relação com a Educação Formal no Campo em Marabá. InterScience Place, v. 13, p. 23-38, 2018. C) SANTOS, L. L.; CURY, M. J. F. . A percepção dos assentados e sua relação com o ensino médio modular e a educação do campo no Assentamento 26 de Março em Marabá-Pará. Revista Formação Online, v. 1, p. 189-212, 2017. Publicou também em 2017 o capítulo de livro “SANTOS, L. L.; CURY, M. J. F. Organizações sociais, disputas de poder e territorialização no Assentamento 26 de Março -Marabá -PA. In: Mauro José Ferreira Cury. (Org.). Territórios e Territorialidades na Amazônia. 1ed.Curitiba: Editora CRV, 2017, v. 1, p. 165-180. Em 2018 participou de evento científico, onde publicou SANTOS, L. L.; CURY, M. J. F. . Redes, Territórios e Movimentos sociais no Bico do Papagaio. In: VII Congresso Iberoamericano de Estudios Territoriales y Ambientales, 2018, Foz do Iguaçu. Anais do VII Congresso Iberoamericano de Estudios Territoriales yAmbientales. Foz do Iguaçu: UNIOTES, 2018.

Luiz Renato Teixeira Santos: é extensionista rural na Empresa de Assistência Técnica e Extensão, estando licenciado desde 2015. Em 2016 foi aprovado no concurso público para professor efetivo, na disciplina Elaboração, Análise e Avaliação de Projetos, no Instituto de Estudos do Desenvolvimento Agrário e Regional da Unifesspa em 5º lugar, e em 017 foi aprovado no Doutorado em Agroecologia na Universidade Estadual do Maranhão, pesquisando metabolismo secundário de plantas utilizadas em Sistemas Agroflorestais. Em 2019, concluiu o Doutorado em Agroecologia (Conceito CAPES 4). Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, com a Tese intitulada “Palmeiras oleaginosas em sistemas agroflorestais”, Ano de obtenção: 2019.Orientador: Guillaume Rousseau;

Etiane Patricia dos Reis da Silva após concluir o mestrado em 2016, foi professora da Faculdade Carajás em Marabá, ministrando as disciplinas de Cultura Afro-brasileira e Relações étnicorraciais e Introdução a Sociologia ambas para ocurso de Bacharelado em Direito. Foi aprovada no concurso público para professor assistente A em 2018 na disciplina de Economia Amazônica e Ambiental em 4º lugar, na Universidade Federal do Sul e Sudeste(Unifesspa), e em 2018 foi aprovada no concurso público para professora efetiva no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Pará, IFPA/Parauapebas; atuando como Professora de Sociologia no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará.

Francilete Souza de Almeida: é professora de geografia do ensino médio no município de Marabá, e após o término do mestrado em 2016,foi contratada pela Faculdade Carajás em Marabá para ministrar as disciplinas de Metodologia da Pesquisa para o curso de Bacharelado em Direito e Introdução à Economia para o curso de Bacharelado em Direito e a disciplina de Saúde e Educação Ambiental para o curso de Enfermagem. Atualmente é vice diretora na - E. M. E. F. O PEQUENO PRÍNCIPE, e Professora Formadora – SEMED. Em 2019 participou da Mesa Redonda “Colégio Cívico Militar: relatos de uma gestão compartilhada”.


Messias Francisco Silva: é professor de filosofia do Instituto de Ensino Êxito e A.V.C. Petri, escola de ensino médio e preparatória para o ENEN, e após o término do mestrado em 2016 foi contratado pela Faculdade Carajás para ministrar as disciplinas de Introdução a Filosofia e Filosofia do Direito para o curso de Bacharelado em Direito e em 2017 foi nomeado coordenador do centro de pesquisa e extensão da Universidade. Em 2019 participou da organização dos cursos: a) SILVA, M. F. Casamento Comunitário. 2019. (Outro). B) SILVA, M. F.. Mulher, Vez e Voz. 2019. (Outro).c) SILVA, M. F.. Formação Docente 2019. (Outro). D) SILVA, M. F.. V Semana Acadêmica. 2019. (Outro). E) SILVA, M. F.. Formação Docente 2019.1. 2019. (Outro).

Alexandre Bueno é administrador de empresas e atuou como consultor no município de Marabá, e após o término do mestrado em 2016, foi contratado pela Faculdade Carajás para ministrar a disciplina Evolução do Pensamento da Administração para o Curso de Administração de Empresa, e logo em seguida assumiu a direção acadêmica da Faculdade Carajás. Também ministrou a disciplina Economia Ambiental para o curso de Engenharia Florestal na Universidade Estadual do Pará como professor horista em 2017. Atualmente atua como Procurador Institucional (PI) e docente titular da Faculdade Carajás em Marabá. Em 2018 publicou o artigo “Direito, gestão e saúde: o ensino, a pesquisa e a extensão como fundamentos para o conhecimento científico na Amazônia”. In: IV Semana Acadêmica Faculdade Carajás, 2018, Marabá. Direito, gestão e saúde: o ensino, a pesquisa e a extensão como fundamentos para o conhecimento científico na Amazônia, 2018. Apresentou os seguintes trabalhos: a) BUENO, Alexandre. Direito, Gestão e Saúde: o Ensino, a Pesquisa e a Extensão como fundamento para o conhecimento na Amazônia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra). B) BUENO, Alexandre. Capital social e autoavaliação da saúde dos adolescentes escolares indígenas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação). C) BUENO, Alexandre. Urbanização e Saúde: estudo de série histórica dos censos brasileiros. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra). D) BUENO, Alexandre. Canvas: Estruturando o seu Negócio. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra). Participou em 2019 da editoração de periódicos e anais a seguir: a) BUENO, Alexandre. Carajás Acontece. 2019. (Editoração/Periódico). B) BUENO, Alexandre. Direito, Gestão e Saúde: O ensino e a extensão como fundamentos para o conhecimento na Amazônia. 2018. (Editoração/Anais). Participou nos anos de 2018 e 2019 dos seguintes eventos: a) FÓRUM DA CIDADE. Processo de Elaboração da lei de Zoneamento. 2019. (Exposição). B) IV Colóquio Internacional Discurso e Mídia na Amazônia. Manejo Florestal Sustentável: Discurso na Mitigação dos Impactos Socioambientais?. 2019. (Outra). C) 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Diferenças Regionais do Grau de Urbanização e Saneamento Básico da Série Histórica dos Censos Brasileira (1991,2000 e 2010). 2018. (Congresso). D) ABMES Regional. Decreto 9.235 e Novos Instrumentos de Avaliação. 2018. (Seminário). E) ABMES Regional - Nordeste sobre o tema. 2018. (Seminário). F) Decreto 9.235 e Novos Instrumentos de Avaliação. 2018. (Encontro). G) Seminário (ABMES). 2018. (Seminário). H) Seminário ABMES - Novo Fies. 2018. (Seminário). I) Seminário e Workshop ABMES. 2018. (Seminário). J) XI Congresso Brasileiro da Educação Superior Particular - Educação - Superior: Inovação e Inclusão para o Brasil que queremos. 2018. (Congresso). Organizou os seguintes eventos: a) BUENO, Alexandre; SILVA, M. F. ; ALMEIDA, F. S. . IV Semana Acadêmica: Direito, Gestão e Saúde: o ensino, a pesquisa e extensão como fundamento para o conhecimento na Amazônia. 2018. (Outro). B) BUENO, Alexandre. Formação docente 2019.1. 2019. (Outro). C) BUENO, Alexandre; SILVA, M. F. ; SANTOS, A. M. V. . Formação Docente 2019.2. 2019. (Outro).

Marcus Felipe Frota Gama: egresso da turma de 2013, é Administrador de Empresas e atuou como professor contratado da Faculdade Metropolitana de Marabá, ministrando disciplinas no curso de Administração de Empresas entre os anos de 2010 à 2015. Em 2016 foi aprovado em 2º lugar no concurso público para professor efetivo na disciplina de Gestão Mercadológica de Inovação de Serviços e Vendas do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, campus de Rondon do Pará. Também foi aprovado em primeiro lugar no concurso público para professor efetivo da disciplina Administração Financeira da Universidade Federal Rural da Amazônia no Campus Universitário de Tomé Açu, e em 2º lugar na disciplina Administração de Marketing da Universidade Federal Rural da Amazônia no Campus Universitário de Tomé Açu. Atualmente, encontra-se lotado no Campus Universitário da Unifesspa em Rondon do Pará. Em 2018 organizou e publicou o livro GAMA, M. F. F.; BARCELOS, T. S. (Org.) ; FERREIRA, J. A. T. (Org.) ; GAMA, M. F. F. (Org.) .Coletânea Acadêmica I: Gestão de Projetos. 1ª. ed. Rio de Janeiro: Viutualbooks Editora, 2018. v. 100. 220p. Publicou também o artigo em 2018 GAMA,
M. F. F.; MELLO, A. H. ; GAMA, F. A, A . Piscicultura Comunitária em áreas degradadas pela extração industrial de argila no município de Marabá - PA. Revista Gestão em Conhecimento, Digital, p. revistaufra.wix, 10 jun. 2018. Participou em 2018 de bancas de trabalho de conclusão de curso: a) Participação em banca de JAMILE DO SOCORRO QUITO DEOLIVEIRA.ADOÇÃO E USO DE TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NAPROMOTORIA DE JUSTIÇA DE MARABÁ E A PERCEPÇÃO DOS USUARIOS QUANTO AOSBENEFICIOS E DIFICULDADES COM A TRANSIÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. B) Participação em banca de Mônica Ribeiro Gama. A CONTRIBUIÇÃO DAS COMUNIDADES VIRTUAISPARA A PRODUÇÃO DE CAPITAL INFORMACIONAL QUE LEVA A GESTÃO DO CONHECIMENTO EMMPES DE RONDON DO PARÁ. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) -Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Atualmente é professor assistente A, na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA), exercendo a função de Diretor da Faculdade de Administração do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), campus Rondon do Pará. Em 2019 publicou com MACIEL, L. N. ; GAMA, M. F. F.” O grau de satisfação das clientes quanto à qualidade do relacionamento praticado nas lojas de vestuário feminino do município de Rondon do Pará - PA, interfere na compra: Paradoxo entre logística e o empreender na Amazônia”, https://revistaufra.wixsite, 05 ago. 2019. Apresentou o trabalho REFLEXÕES SOBRE POLÍTICAS AMBIENTAIS E PERCEPÇÃO DA DEGRADAÇÃO AMBIENTAL CAUSADA PELA MINERAÇÃO DE ARGILA EM MARABÁ”. 2019. (Apresentação de Trabalho/Simpósio). Participou da Banca Examinadora do Processo Seletivo Simplificado para Professor Substituto. 2019. Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará e dos eventos; a) Capacitação da Rede Nacional de Certificadores - RNC. 2019. (Outra). IV Seminário Institucional de Formação Docente da UNIFESSPA. 2019. (Seminário). Atualmente está orientando os seguintes trabalhos: a) Marcus Felipe Frota Gama. Avaliação da qualidade no atendimento: Um estudo com os clientes do setor de bares e restaurantes no centro da cidade de Rondon do Pará.. Início: 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Administração) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. (Orientador). B) Marcus Felipe Frota Gama. A Gestão da agricultura familiar em Rondon do Pará, um estudo de caso com foco em sustentabilidade na propriedade Santa Maria.. Início: 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Administração) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. (Orientador). C) Marcus Felipe Frota Gama. A Gestão da qualidade e marketing de serviços: Estudo da atuação de uma empresa de comunicação visual em Rondon do Pará.. Início: 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Administração) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. (Orientador). D) Marcus Felipe Frota Gama. O empreendedorismo feminino: Um estudo de empreendedoras informais vendedoras de catálogos no município de Abel Figueiredo (PA).. Início: 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Administração) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. (Orientador). E) Marcus Felipe Frota Gama. Comportamento do consumidor: Fatores que determinam o processo de compra no mercado varejista de Rondon do Pará.. Início: 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Administração) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. (Orientador).f) Marcus Felipe Frota Gama. A Gestão na agricultura familiar: Como se dá o Planejamento Estratégico. Um estudo de caso na Fazenda Santa Maria, em Rondon do Pará (PA).. Início: 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Administração) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. (Orientador)

 Andreza Angélica Frota Gama: compõe a rede de estudos do Projeto Pro-Amazônia coordenado pelo Prof. Renato Frances da UFPA. A temática central de sua dissertação em Educação Ambiental, despertou o interesse de uma rede multinacional de pneus, com filiais em Marabá, e foi contratada em 2016 para gerenciar e treinar pessoal em gestão ambiental e financeira, também atuando como pedagoga na divisão de Treinamento e Atendimento ao Colaborador. A partir do seu trabalho de dissertação, participou entre 2016 e 2018 de quatro bancas de trabalhos de conclusão de curso da Faculdade de Ciências Agrárias, no curso de Agronomia de Marabá da Unifesspa e duas bancas de especializações do curso de Geotecnologias da Faculdade de Geologia da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Publicou em 2018 o artigo GAMA, M. F. F. ; MELLO, A. H. ; GAMA, A.A. F. Piscicultura comunitária em áreas degradadas pela extração industrial de argila no município de Marabá (PA). REVISTA GESTAO EM CONHECIMENTO, v. 2, p. 127, 2018. Em 2019 apresentou o trabalho MELLO, A. H. ; GAMA, A. A. F. . Em busca de alternativas agroecológicas e educação ambiental no processo de desmatamento de Assentamento 26 de Março em Marabá. 2019.. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Deize Almeida Botelho: Gestora e Pesquisadora em Arte, Cultura e Sociedade. Após a conclusão do mestrado - vem atuando como professora colaboradora da Universidade Paulista (UNIP)no ensino superior e publicou em 2017, no Boletim Técnico da Fundação Casa da Cultura de Marabá, o artigo intitulado “CAFRE, Um Canto Aberto” ISSN 2176-7173 e o artigo CULTURA NODESENVOLVIMENTO LOCAL: Uma Estratégia do Movimento Artístico em Marabá, Pará. CONFRONTEIRAS, v. 1, p. 152-174, 2017. Em 2018 ministrou os cursos de curta duração a seguir: BOTELHO, D. A.. ELABORAÇÃO DE PROJETOS PARA O TERCEIRO SETOR. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra). B) BOTELHO, D. A.. LABORAÇÃO DE PROJETOS E CAPTAÇÃO DE RECURSOS. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra) Em 2019 apresentou os seguintes trabalhos: a) BOTELHO, D. A.; LIMA, M. W. S. Política Cultural e Diálogo Intercultural no Território Amazônico. 2019. (Apresentação de Trabalho/Seminário). B) BOTELHO, D. A.. Visualidades na Amazônia Contemporânea. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Eliude de Sousa Rocha: manteve sua atuação como professor na rede pública municipal e estadual do município de Marabá.


Iselene Labres de Sousa: manteve sua atuação como professora na rede pública municipal de Marabá.

Ana Leia Bispo de Souza: é Técnica pedagógica na Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Goianésia do Pará, faz parte da equipe pedagógica que planeja e executa ações educativas voltadas à Educação do Campo. Em 2018 publicou o resumo SOUZA, A. L. B.; ANJOS, Hildete P. dos . Discurso Formativo e de Gênero na Fala de Professoras da Educação Especial. In: II DCIMA: Colóquio Internacional Mídia e Discurso na Amazônia: Discurso e Contemporaneidade: Histórias, Espaços e Subjetividades, 2017, São Luis-MA. Cadernos de Resumo do IIDCIMA, 2017. Em 2018 participou dos seguintes eventos: Experimento Didático (MINICURSO ABNT) via WHATSAPP. 2018. (Outra).Minicurso Orientações para Trabalhos Acadêmicos Segundo a ABNT. 2018. (Outra).X Encuentro Internacional La Educación Inclusiva. La Educación Inclusiva a debate: retos, contradicciones y desafios. 2018. (Encontro). Em 2019 apresentou o trabalho SOUZA, A. L. B.. TÁTICAS PRODUZIDAS NA TRAJETÓRIA DE PROFESSORAS DA EDUCAÇÃO ESPECIAL DE GOIANÉSIA DO PARÁ. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Rubeilton Guilherme Sales: atua desde 2008 no Tribunal de Justiça do Estado do Pará em Dom Elizeu, trabalhando com pedagogia e educação não escolar. Publicou em 2017 os artigos: a) SALES, R. G.; ANJOS, H. P. O ADOLESCENTE EM CONFLITO COM A LEI NA PRODUÇÃODISCURSIVA DAS INSTITUIÇÕES. Confronteiras, v. 1, p. 184-203, 2017; b) SALES, R. G.; ANJOS, H. P.O ato infracional e a prática jurídica processual: uma análise discursiva. MOARA, 2017. Em 2019 publicou o capítulo de livro a seguir: SALES, R. G.; ANJOS, H. P. . REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DISCURSIVA DO SISTEMA DE JUSTIÇA JUVENIL. In: Hildete Pereira dos Anjos; Nilsa Brito Ribeiro. (Org.). Heterogeneidades discursivas na Amazônia oriental brasileira: reflexões de poder e resistências. 1ed.São Carlos-SP: Pedro e João Editores, 2019, v. 01, p. 35-58.
Walter Rodrigues de Andrade: Engenheiro de Produção, foi professor no período de 2010 à 2015 na Faculdade de Engenharia de Produção da Faculdade Metropolitana em Marabá, e com a conclusão do mestrado, foi contratado como Coordenador de Engenharia de Produção e Professor do Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos – IMEPAC – MG. Consultor de melhorias continua na Santa Casa de Misericórdia de Araguari – MG e Consultor de mapeamento de processos no IMEPAC. Atualmente está cursando disciplinas como aluno especial no doutorado em economia da Universidade Federal de Uberlândia.
Entre 2017 e 2018 publicou os trabalhos: a) CALIXTO, SANDRA FERNANDES; SILVANO,VICTOR LÚCIO; BARBOSA, FREDERICO CELESTINO ; ANDRADE, WALTER RODRIGUES DE. Ferramentas Estatísticas de Previsão de Demanda em Séries Históricas nos Casos de Tuberculose do Estado de Minas Gerais entre os anos de 2001 e 2017. In: ENEGEP 2018 Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2018, MACEIO/AL - BRASIL. Rio de Janeiro: Abepro, 2018. B) MARINS,MATHEUS DE FREITAS BRASIL ; ANDRADE, WALTER RODRIGUES DE . Modelagem de Processos de Fundição e Sinterização em uma Siderúrgica. In: ENEGEP 2017 Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2017, JOINVILLE/SC - BRASIL. Rio de Janeiro: Abepro, 2017. Atualmente está orientando o trabalho de conclusão de curso de Camila dos Anjos intitulado “Lean Healthcare como estratégia de melhoria na prestação de serviço na área de saúde da cidade de Araguari-MG”. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Produção) - Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos. Em 2019 continua como Coordenador do CST em Gestão Hospitalar do Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos (IMEPAC), em Minas Gerais. Compõe o quadro de revisores de Periódicos da Revista Master: ensino, pesquisa e extensão. Em 2019 publicou os trabalhos a seguir: a) SALOMAO NETO, B. A. ; ANDRADE, L. A. ; ANDRADE, W. R. . Os Efeitos Dinâmicos da Poluição Sobre o Crescimento e a Inflação: A Derivação do Modelo Canônico Ambiental Novo Keynesiano. In: XIII Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica, 2019, Campinas - SP. Será o antropoceno a era do colapso ambiental? Pensando uma economia para o Planeta Terra., 2019. B) ANJOS, CAMILA DOS ; ANDRADE, WALTER RODRIGUES DE ; VOGADO, CAROLINA DA SILVA . LEAN HEALTHCARE COMO ESTRATÉGIA DE MELHORIA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA ÁREA DE SAÚDE: UMA REVISÃO DA LITERATURA. In: ENEGEP 2019 Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2019, SANTOS/SP - BRASIL. Rio de Janeiro: Abepro, 2019.Também em 2019 recebeu o aceito do artigo: SALOMAO NETO, B. A. ; ANDRADE, L. A. ; ANDRADE, W. R. . THE DYNAMIC EFFECTS OF POLLUTION ON GROWTH AND INFLATION: A DERIVATION OF THE NEW KEYNESIAN ENVIRONMENTAL CANONIC MODEL. Revista Ibero-americana de Ciências Ambientais, 2019. Apresentou os seguintes trabalhos: a) ANDRADE, W. R.; SILVANO, V. L. ; ALMEIDA, C. C. C. ; SILVANO, N. A. S. . Estudo e Caracterização da Cadeia de Suprimentos de Arroz, Feijão e Café: uma revisão de literatura. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso). B) ANDRADE, W. R.; VOGADO, C. S. ; ANJOS, C. ; COSTA, D. C. S. ; RAMOS, R. R. S. ; ALMEIDA, O. G. . Lean Healthcare como Estratégia de Melhoria na Prestação de Serviços na Área de Saúde: uma revisão da literatura. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso). C) ANJOS, C. ; ANDRADE, W. R. ; VOGADO, C. S. . Lean Healthcare como Estratégia de Melhoria na Prestação de Serviços na Área de Saúde: uma revisão da literatura. 2019. (Apresentação de Trabalho/Outra). Também participou do XXXIX Encontro Nacional de Engenharia de Produção. ENEGEP. Lean Healthcare como Estratégia de Melhoria na Prestação de Serviços na Área de Saúde: uma revisão da literatura. 2019. (Encontro). Em 2019 orientou os seguintes trabalhos de conclusão de curso: a) Victor Lúcio da Silva Silvano. Estudo de roteamento em indústria alimentícia. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - IMEPAC Centro Universitário. Orientador: Walter Rodrigues de Andrade. B) Nike Anderson da Silva Silvano. Estudo de roteamento em indústria alimentícia. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - IMEPAC Centro Universitário. Orientador: Walter Rodrigues de Andrade. C) Daniela Caetano da Silva Costa. Previsão de Demanda em Indústria Alimentícia. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - IMEPAC Centro Universitário. Orientador: Walter Rodrigues de Andrade. D) Camila dos Anjos. Planejamento e Controle de Manutenção no Setor de Engenharia Clínica de um Hospital Geral de Médio Porte. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - IMEPAC Centro Universitário. Orientador: Walter Rodrigues de Andrade. E) Rafael Goulart Ferreira. Planejamento e Controle de Manutenção no Setor de Engenharia Clínica de um Hospital Geral de Médio Porte. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Produção) - IMEPAC Centro Universitário. Orientador: Walter Rodrigues de Andrade.

Marcelo Melo dos Santos: Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais, foi professor Substituto do Magistério Superior do Curso Educação do Campo da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Foi aprovado no concurso público para professor assistente A na disciplina de Economia Amazônica e Ambiental em 3º lugar da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Atualmente é Professor do quadro efetivo do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) campus de Tucuruí. Entre os anos de 2017 e2018 publicou os seguintes artigos: a) OPES, R. R. ; SANTOS, M. M. ; CRUZ, T. M. . Mineração e conflitos pela posse da terra em Canaã dos Carajás: O caso do acampamento Planalto Serra Dourada. REVISTADE EXTENSÃO E ESTUDOS RURAIS, v. 7, p. 117-140, 2018. B) SANTOS, M. M.
REFLEXÕES SOBRE ACRISE NO SETOR SIDERÚRGICO DO DISTRITO INDUSTRIAL DE MARABÁ E AS ESTRATÉGIAS EMPRESARIAS. Revista Confronteiras, v. 1, p. 54-76, 2017. C) SANTOS, M. M.; MICHELOTTI, F.VERTICALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO MINERAL NO
SUDESTE PARAENSE: CHANTAGEM LOCACIONALE IMPACTOS SOCIOTERRITORIAIS E AMBIENTAIS. Produção Acadêmica, v. 3, p. 25-43, 2017. Em 2019 publicou o trabalho SANTOS, M. M.; LOPES, R. R. ; CRUZ, T. M. . MINERAÇÃO   CONFLITOS PELA POSSE DA TERRA EM CANAÃ DOS CARAJÁS: O caso do acampamento Planalto Serra Dourada. In: IX Jornada Internacional de Políticas  públicas: Civilização ou Barbárie; O futuro da Humanidade, 2019, São Luís. Anais da IX Jornada Internacional de Politicas Públicas:
Civilização ou Barbárie; O futuro da Humanidade. São Luís: Editora UFMA, 2019. p. 1-12. Participou da banca avaliadora de do Programa de Bolsas de Iniciação Científica de
SANTOS, M. M.; FERREIRA JUNIOR, J. V.; Andrade, Fernanda Atanaena Gonçalves de. Programa de Bolsas de Iniciação Científica, Tecnológica e de Inovação (PIBICTI), vinculado ao Edital nº 01/2019 PIBICTI / PIBICTI-EM / IFPA BRAGANÇA. 2019. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Pará. Também participou em 2019 da IX Jornada Internacional de Políticas Públicas: Civilização ou Barbárie; O futuro da Humanidade. Participou também da audiência pública sobre a Implantação do Instituto Federal do Pará, Campus Rural em Novo Repartimento. 2019.

Nilene Ferreira Cardoso Souza: defendeu sua dissertação em 2017, e leciona em escola pública do município de São Domingos do Araguaia-Pará, atuando no ensino de Geografia. Em 2018 participou VI CONINTER -Congresso Internacional Interdisciplinar em Sociais com a apresentação dos seguintes trabalhos: a) Qualidade ambiental na microbacia hidrográfica do igarapé Açaizal e Gabriel em São Domingos do Araguaia-PA: Desafios e Perspectiva. B) Expansão urbana e a degradação das nascentes dos igarapés Açaizal e Gabriel em São Domingos do Araguaia. Em 2019 apresentou o trabalho SOUZA, N. F. C.; MELLO, A. H. ESTADO E CONFLITOS SOCIOAMBIENTAIS NA MICROBACIA HIDROGRÁFICA DOS IGARAPÉS AÇAIZAL E GABRIEL EM SÃO DOMINGOS DO ARAGUAIA-PA. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Renato Noronha Martins: concluiu o mestrado em 2014 e atualmente é professor AD 4 da Escola Estadual de Ensino Médio Profª Elza Maria Correa Dantas. Luiz de Oliveira Silva: concluiu o mestrado em 2015 e atualmente é Professor da Escola Estadual de Ensino Médio Professora Elza Maria Correa Dantas e Professor da Escola Municipal de Ensino Fundamental José Luiz Cláudio. Thiago Martins da Cruz: concluiu o mestrado em 2015 e atualmente Professor, da Faculdade Carajás em Marabá, ministrando a disciplina Cultura Afro Brasileira e Relações Étnico-Raciais. Em 2018 publicou o artigo: SANTOS, M. M. ; RODRIGUES, R. L.; CRUZ, T. M. Mineração e conflitos pela posse da terra em Canaã dos Carajás: O caso do acampamento Planalto Serra Dourada. REVISTA DE EXTENSÃO E ESTUDOS RURAIS, v. 7, p. 118-140, 2018. Participou dos cursos: a) Curso Gênero e diversidade sexual. 2018. (Outra). B) Formação Docente. 2018. (Outra). C) IV Semana Acadêmica. Direito, trabalho, atendimento à saúde e relações étnico-raciais. 2018. (Outra) Em 2019 publicou o trabalho completo: CRUZ, T. M.; SANTOS, M. M. ; RODRIGUES, R. L. Mineração e conflitos pela posse da terra em Canaã dos Carajás: O caso do acampamento Planalto Serra Dourada. In: IX Jornada Internacional de Políticas Públicas - Civilização ou barbárie: o futuro da humanidade, 2019, São Luís. IX Jornada Internacional de Políticas Públicas - Civilização ou barbárie: o futuro da humanidade, 2019. Também apresentou em 2019 o trabalho SANTOS, M. M.; RODRIGUES, R. L. ; CRUZ, THIAGO MARTINS DA . PROJETO S11D MINERANDO CONFLITOS EM CANAÃ DOS CARAJÁS: O CASO DO ACAMPAMENTO PLANALTO SERRA DOURADA. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação). Participou da banca julgadora na V Semana acadêmica da Faculdade Carajás : CRUZ, T. M.. V Semana Acadêmica - Criatividade e inovação, conectando saberes para a prática profissional na Amazônia. 2019, e participou do curso de Formação Docente 2019.2. 2019. (Outra).


Wilson George de Brito Correa: concluiu o mestrado em 2016 e atualmente é professor da rede pública de ensino de Marabá.


Cleiton Sodré Guedes: após a conclusão do mestrado em 2017, iniciou a sua participação em grupos de estudos e atualmente é assistente administrativo na Prefeitura Municipal de Marabá/PA. Em 2018 foi aprovado em 2º lugar no processo seletivo (Edital 38 de2018 de 04/04/2018) para professor substituto da disciplina Geografia Física e Cartografia do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará.

Aline Pereira dos Santos Amaro Correia, após a conclusão do mestrado em agosto de 2017, foi contratada como professora no ensino superior, no curso de Direito da Faculdade Carajás de Marabá. Leciona atualmente as disciplinas Direito Administrativo, História do Direito e Sociologia Jurídica. Em 2018 foi selecionada como Avaliadora do BASIs do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, INEP/MEC, Brasil. A partir de 2019 passou a coordenar o grupo de estudos em direito urbanístico, composto por acadêmicos da Faculdade Carajás, com objetivo de estudar o planejamento urbano e suas dinâmicas no Município de Marabá (PA). Em 2019 apresentou os seguintes trabalhos: a) CORREIA, A. P. S. A.; CORREIA, M. A. . Os Princípios da Bioética na Jurisprudência de Saúde. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra). B) CORREIA, A. P. S. A.. RELAÇÃO ENTRE A ORGANIZAÇÃO E A CONSTRUÇÃO DOS ESPAÇOS URBANOS E A FUNÇÃO SOCIAL DA CIDADE. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra). C) CORREIA, A. P. S. A.; CORREIA, M. A. . DIREITOS HUMANOS E SAÚDE. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra). Também em 2019 participou como membro de banca avaliadora dos seguintes cursos: a) CORREIA, A. P. S. A.; MOURA, A. B. F.. RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DE CURSO. 2019. B) CORREIA, A. P. S. A.; NACIMENTO, A. C.. RECONHECIMENTO DE CURSO. 2019. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. C) CORREIA, A. P. S. A.; COSTA, A. M.. RECONHECIMENTO DE CURSO. 2019. Participou dos cursos de formação docente. A) FORMAÇÃO DOCENTE 2019.1.(Outra).B) FORMAÇÃO DOCENTE 2019. 2.Apresentação das plataformas digitais. 2019. Organizou a exposição CORREIA, A. P. S. A.. Projeto "Mulher, vez e voz". 2019.

Angel Marques Amador: após a conclusão do mestrado em 2017, foi contratado como professor na Faculdade Metropolitana de Marabá e participou de três Bancas de Trabalho de Conclusão de curso na faculdade de Ciências Agrárias de Marabá da Unifesspa. Participou também da banca de Aperfeiçoamento/Especialização em Docência para educação profissional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Pará, da discente Antonio Lima Marinho com o trabalho “A percepção dos egressos sobre os avanços e desafios no percurso formativo do curso técnico subsequente em informática do campus Marabá industrial”. A partir de 2018, foi contratado como professor celetista da Universidade Pitágoras em Marabá, para ministrar as disciplinas : Ensino, Direito, Fundamentos históricos do direito, Ensino, Engenharia Civil, Ética, Política e Sociedade e Gestão Ambiental.

Debora dos Reis Cordeiro: após a conclusão do mestrado em 2017, atua como docente em pós-graduação na Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA (FSADU),do Instituto Universitário Atlântico (IUA), do Instituto de Educação Carlos Chagas Filho (INCAR) e docente de graduação na Uninassau e Coordenadora pedagógica do Curso de Pedagogia (Fescemp);Coordenadora de Tecnologia Educacional UNDB. Em 2018 publicou a resenha: CORDEIRO, D. R.;MARTINS, T.J.S. “Reconhecendo os sujeitos da EJA: docentes-educadores e educandos em formação política e pedagógica resistentes na luta por uma vida justa”. Tocantins: Revista Êxitus - UFOPA, 2018. Em 2019 publicou o artigo em anais de congresso: MARTINS, T.J.S ; CORDEIRO, D. R. . JOVENS E ADULTOS REENCOTRANDO A ESCOLA: reflexões sobre o perfil de estudantes do curso de Administração do Proeja em Santa Inês-MA. In: IX JORNADA INTERNACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS, 2019, SAO LUIS. JOVENS E ADULTOS REENCOTRANDO A ESCOLA: reflexões sobre o perfil de estudantes do curso de Administração do Proeja em Santa Inês-MA, 2019. Participou em 2019 das seguintes bancas de avaliação de monografia de especialização: a) CORDEIRO, D. R.; MARTINS, T.J.S; SANTIAGO, A.M.S.F. Participação em banca de RAFAELA PEREIRA TEIXEIRA. PROJETO O LEITOR DO MÊS: uma proposta de incentivo a leitura dos alunos do IEMA UP Axixá. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA.) - Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA. B) CORDEIRO, D. R.; MARTINS, T.J.S; NASCIMENTO, M. C. B.. Participação em banca de Léa Cristina Dutra Paixão. O PROTAGONISMO JUVENIL COMO AÇÃO EDUCATIVA NO COMBATE DA INDISCIPLINA ESCOLAR: uma experiência no Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Unidade Plena de Axixá. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA.) - Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA. C) CORDEIRO, D. R.; MARTINS, T.J.S; NASCIMENTO, M. C. B.. Participação em banca de Francisco das Chagas Marques N. Souta. A ESCOLA NA VISÃO DOS ALUNOS JOVENS: percepções e implicações no projeto de vida dos alunos do 2° Ano do Ensino Médio do Curso Técnico em Serviços Jurídicos do IEMA/UP São Luís. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA.) - Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA. D) CORDEIRO, D. R.; MARTINS, T.J.S; NASCIMENTO, M. C. B.. Participação em banca de Celia Maria Moraes De Jesus. A CONTRIBUIÇÃO DA TUTORIA COMO INSTRUMENTO PEDAGÓGICO NO COMBATE À INDISCIPLINA DE ALUNOS NO IEMA UNIDADE PLENA AXIXÁ. 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA.) – Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA.


Elisvania Nunes Bras: após a conclusão do mestrado, trabalha no IFPA, Campus de Tucuruí, como coordenadora de ensino.

Ginno Alexander Pérez Salas: atualmente é pesquisador na Comissão de Estudos Latino-americanos da União Geográfica Internacional (UGI) e membro do Grupo de Trabalho "Pensamiento Geográfico Crítico Latinoamericano" do Conselho Latinoamericano de Ciências Sociais (CLACSO). Em 2018 publicou os artigos: a) Territorio Amazónico peruano: un debate teórico sobre los conceptos de territorio, des reterritorialización y colonialidad. Huellas, v. XXII, p. 51-65, 2018. B) Desalojosnavideños en el sureste de Pará/ Brasil: una foto-reflexión sobre la desterritorialización del campamento Helenira Rezende del MST. Boletín Geocrítica Latinoamericana, v. 00, p. 67-71, 2018. Participou também da banca de defesa de trabalho de conclusão de curso de Emmanoel de Oliveira Nascimento com o trabalho “A territorialização de trabalhadores rurais sem-terra: o caso dos acampamentos Helenira Resende e Frei Henri (MST)”. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) -Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará;

Ingrid Fernandes Gomes Pereira, após a conclusão do mestrado, continua atuando como professora de ensino médio e na Educação da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) de Marabá. Faz parte dos Grupos de Estudos e Pesquisas: Dinâmicas Socioeducacionais, Políticas Públicas e Diversidade; e Produção Discursiva e Dinâmicas Socioterritoriais na Amazônia / ambos pela Unifesspa e é filiada à Associação Nacional de Pesquisa em Educação (ANPED). Participou também em 2017 e 2018, das seguintes bancas de trabalho de conclusão de curso: a) de Laiane da Silva Ferreira, intitulado “Leituras: uma análise acerca da leitura de mundo no aprendizado da leitura da palavra”. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) – Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. B) de Luan Carlos Silva, intitulada “Processos discursivos em relatórios de estágio: argumento de autoridade”. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras -Português) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará;

Yone Alencar Alves dos Santos: após a conclusão do mestrado em 2017, atua como professora da rede pública estadual na cidade de Marabá/Pará.


Wynklyns Conceição de Lima: após a conclusão do curso em 2017, atua como professor das redes públicas municipal (Marabá) e estadual (Pará).

Jorlan Lima Oliveira: após defesa de mestrado, ingressou em 2017 como professor no ensino superior na FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS, UNITINS. Em 2018 orientou sete (7) trabalhos de conclusão de curso e participou das seguintes bancas de trabalho de conclusão de curso: a) de JAYNE SOUZA NOGUEIRA, com o trabalho “LETRAMENTO EALFABETIZAÇÃO: as dificuldades de aprendizagem na área da leitura e da escrita nas séries iniciais do ensino fundamental. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) – Universidade Estadual do Tocantins. B) de PAULIANA RIBEIRO DE SOUSA, com a temática “A Formação Continuada na Percepção dos Professores do Centro de Educação Infantil Dona Marina Pereira de Miranda”. 2018.Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Estadual do Tocantins. C) de RAIANE DOS SANTOS CLAUDIANO, com o trabalho intitulado “Matemática: Dificuldades no Processo de Ensino-Aprendizagem no 3º ano do Ensino Fundamental na Escola Municipal Professora Nair Duarte”.2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Estadual do Tocantins. D) de FLAVIANNA LINO PEREIRA, com a temática “O Lúdico como Instrumento Facilitador no Ensino de Matemática em duas Escolas da Rede Municipal de Araguatins – TO”. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Estadual do Tocantins. Em 2019 publicou os artigos: a) FERREIRA DA SILVA, DANIEL ; LIMA OLIVEIRA, JORLAN . O perfil profissional do egresso do curso de administração da faculdade integrada de Araguatins - TO (FAIARA). REVISTA CEREUS, v. 11, p. 62-76, 2019. B) OLIVEIRA, J. L.; SILVA, M. P. . O USO DAS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL EM UMA ESCOLA EM ARAGUATINS-TO. HUMANIDADES & INOVAÇÃO, v. 6, p. 155-168, 2019. Publicou o capítulo de Livro: OLIVEIRA, J. L.; ANJOS, H. P. COMPETÊNCIA E CIDADANIA: SENTIDOS QUE SE CONFRONTAM NA PRODUÇÃO DISCURSIVA DO PRONATEC. In: Hildete Pereira dos Santos e Nilsa Brito Ribeiro. (Org.). COMPETÊNCIA E CIDADANIA: SENTIDOS QUE SE CONFRONTAM NA PRODUÇÃO DISCURSIVA DO PRONATEC. 1ed.São Paulo: Pedro & João, 2019, v. 1, p. 59-79. Também publicou o trabalho nos anais do DCIMA:LIMA OLIVEIRA, JORLAN; ANJOS, H. P.COMPETÊNCIA E CIDADANIA: SENTIDOS QUE SE CONFRONTAM NA PRODUÇÃO DISCURSIVA DO PRONATEC. In: IV DCIMA - Colóquio Internacional Discurso e Mídia na Amazônia: Interculturalidade e Resistência, 2019, Marabá. IV DCIMA, 2019. Proferiu a palestra 'O Sentido das nossas escolhas'. 2019. Participou das bancas de trabalho de conclusão de curso: a) OLIVEIRA, J. L.; SILVA, B. V. Participação em banca de MIRIAN SANTOS BORGES LINO. Como ocorre o processo de seleção e recrutamento na empresa. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - FACULDADE INTEGRADA DE ARAGUATINS. B) OLIVEIRA, J. L.; SILVA, B. V. c) Participação em banca de MAX FICHER CONCEIÇÃO COSTA DE SOUSA. A importância das tecnologias nas pequenas e médias empresas da cidade de Araguatins-TO. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - FACULDADE INTEGRADA DE ARAGUATINS. Participou em 2019 dos seguintes eventos: a) III Mostra de Ciência e Tecnologia: Bioeconomia: diversidades e riqueza para o desenvolvimento sustentável. Membro avaliador externo. 2019. (Exposição). B) Minicurso: Normas ABNT com foco na elaboração de artigos científicos. 2019. (Outra). C) Minicurso: Práticas relacionadas à pesquisa e extensão. 2019. (Outra). Organizou: a) OLIVEIRA, J. L.. Formação Continuada: Extensão e Pesquisa: práticas e reflexões para o ensino. 2019. (Outro). B) OLIVEIRA, J. L.; FERNANDES, S. M. L. . Qualificação de Projetos de Trabalho de Conclusão de Curso. 2019. (Outro).


Luis Andrés Calcina:concluiu o mestrado em 2017 e atua como pesquisador do Instituto de Investigaciones de La Amazonia Peruana, IIAP, Peru. Nelinho Carvalho de Souza: concluiu o mestrado em 2017 e atualmente é professor de ensino fundamental (1º ao 5º anos) na E. M. E. F. SÃO FRANCISCO, pela Secretária Municipal de Educação de Marabá – PA. Maria Neide Silva Moraes: conclui o mestrado em2017 e atualmente é professora na Educação de Jovens e Adultos- EJA e professora de História na ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO LIBERDADE em Marabá-PA.

Nilza Lima Marinho: concluiu o mestrado em 2018 e atua como Professora na rede municipal de ensino em Marabá-PA. Faz parte do Grupo de Estudos em Educação, Cidadania e Direitos Humanos. Publicou em 2019 , MARINHO, N. L.; MELLO, Andréa Hentz ; DIAS, D. M. S. “O DIREITO À MORADIA E AS DESIGUALDADES SOCIAIS E ECONÔMICAS COMO FATORES INFLUENCIÁVEIS. In: IV COLÓQUIO INTERNACIONAL DISCURSO E MÍDIA NA AMAZÔNIA: INTERCULTURALIDADE E RESISTÊNCIA, 2019, Marabá. IV COLÓQUIO INTERNACIONAL DISCURSO E MÍDIA NA AMAZÔNIA: INTERCULTURALIDADE E RESISTÊNCIA, 2019. Também em 2019 publicou o artigo, MARINHO, N. L. ; DIAS, D. M. S. ; Hentz, A. M . O Programa Minha Casa Minha Vida em Marabá: a problemática da exclusão
socio espacial. AGENDA SOCIAL (UENF), v. 12, p. 25-42, 2019. Participou do IV ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIFESSPA, apresentando o trabalho “ O PROJETO MINHA CASA MINHA VIDA E A EXPANSÃO DO ESPAÇO URABANO EM MARABA PA: CONSEQUENCIAS SOCIOAMBIENTAIS. 2019.

Maira Alves Brito: concluiu o mestrado em 2018 e atua como servidora pública federal do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) na superintendência Regional do Sul do Pará (SR-27), atuando na Divisão de Desenvolvimento como chefe substituta do Serviço de Infraestrutura, bem como no Serviço de Educação do Campo e Cidadania. Em 2018 apresentou o trabalho SILVA, R. M. S.; MELLO, A. H. ESTRATÉGIAS DE MANEJOPRODUTIVO DAS FAMÍLIAS DO PROJETO DE ASSENTAMENTO CASTANHAL ARARAS. 2018.(Apresentação de Trabalho/Outra). Em 2019, publicou o artigo: BRITO, M. A. ; Hentz, A. M . Diversificação da produção e seus efeitos no Assentamento Piquiá I. AGENDA SOCIAL (UENF), v. 12, p. 11-24, 2019.

Andréia Aparecida Silvério dos Santos: concluiu o mestrado em 2018 e atualmente é assessora jurídica da COMISSÃO PASTORAL DA TERRA (CPT). Em 2018 apresentou o trabalho Mineração e Conflitos Agrários no Sudeste Paraense. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Ronildo Guilherme Sales: Concluiu o mestrado em 2018 e atualmente é professor efetivo de Sociologia da rede estadual de ensino do Pará e integra o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Mudança Social no Sudeste Paraense – (GEPEMSSP).

Reinaldo Costa Silva: Concluiu o mestrado em 2018, e atualmente é professor pedagógico II (de 6º ao 9º ano) - E.M.E.F. Professor Lucíolo Oliveira Rabelo e professor classe II (do 1º ao3º ano do ensino médio) - Colégio Estadual de Ensino Médio Professora Anunciada Chaves. Em 2019 publicou o capítulo de livro: SILVA, R. C. ; Congilio, C.R. . Setor Carvoeiro no Município de Goianésia do Pará no Contexto do Programa Grande Carajás. In: Congilio, C.R.C.; Bezerra, R; Michelotti, F.. (Org.). Mineração, Trabalho e Conflitos Amazônicos no Sudeste Paraense. 1ed. Marabá: Editorial Iguana, 2019, v. 1, p. 211-230.

Renata Rodrigues Miranda: concluiu o mestrado em 2018 e atualmente é professora de língua portuguesa na rede Municipal de Educação de Jacundá – PA. (SEMED). Em 2018 publicou o artigo, RIBEIRO, N. B.; MIRANDA, R. R. . Reconfiguração discursiva na formulação de uma política pública de Educação do Campo. AGENDA SOCIAL (UENF), v. 12, p. 85-100, 2018. Em 2019, publicou o capítulo de livro MIRANDA, R. R. ; ANJOS, M. P. ; RIBEIRO, N. B. . A pesquisa mediando práticas pedagógicas na escola Nova Canaã. In: RIBEIRO, N.B; ANJOS, M. P.; SILVA, M. C. V.. (Org.). Educação do Campo: pesquisas, experiências, formação. 1ed.São Carlos: Pedro & João, 2019, v. 1, p. 171-188.

Mauricio Martins Cabral concluiu o mestrado em 2018 e atua como Professor Tutor do Centro Universitário UNIASSELVI e professor de Educação Física da Secretaria de Educação do Estado do Pará. Coordenador Pedagógico - Secretaria Municipal de Educação de Marabá – Pará.

Elizamar Gomes da Silva Pupio: concluiu o mestrado em 2018 e desde 2006 é extensionista Rural da Empresa de Assistência técnica e Extensão rural do Estado do Pará - EMATER/PA. Em 2018 participou da banca de trabalho de conclusão de curso: PUPIO, E. G. S.. Participação em banca de Selma Matos Vieira e Tacília Oliveira da Silva. EFLEXOES ACERCA DO CONCEITO DE EDUCAÇÃO PRÁTICA EM KANT. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade do Estado do Pará.

Antonio Henrique da Mata Correa, concluiu o mestrado em 2018 e atua desde 2016 como professor da Faculdade dos Carajás em Marabá, das disciplinas de Introdução ao Estudo do Direito, Direito Empresarial, Instituições de Direito Público e Privado, Hermenêutica e Lógica Jurídica e Teorias da Administração. Coordenador do curso de Direito da Faculdade Carajás. Foi Coordenador dos Cursos de Administração e Ciências Contábeis da Faculdade dos Carajás (01/2017 a 06/2018). Em 2019 participou dos seguintes eventos: a) FORMAÇÃO DOCENTE 2019.2. 2019. (Oficina). B) PROJETO SABER UNIVERSITÁRIO DA JUSTIÇA. 2019. (Outra)


Flávia Madeira da Silva: após conclusão do mestrado em 2018 foi contratada pela Faculdade Carajás de Marabá, para atuar no ensino superior. É membro do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Mudança Social no Sudeste Paraense/GEPEMSSP, e Assessora do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Araguaia e Tocantins –CISAT. Em 2019 participou da palestra: SILVA, F. M.. FEMINICÍDIO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra). Participou da mesa redonda: SILVA, F. M. OS IMPACTOS SOCIAIS, COGNITIVOS E AFETIVOS SOBRE A GERAÇÃO DE ADOLESCENTES E JOVENS CONECTADOS ÀS TECNOLOGIAS DIGITAIS. 2019. (Programa de TV).


Francisco Chagas Vitorino dos S. Filho: concluiu o mestrado em 2018 e atualmente é free lancer do site de notícias Marabá Notícias.

Jean Bezerra da Silva, concluiu o mestrado em 2018 e atua como Assistente Social da Defensoria Pública do Estado do Tocantins. Publicou em 2018 o artigo: SILVA, Jean Bezerra da; SANTOS FILHO, A. S. Cultura Quilombola: A Comunidade Quilombola Ilha São Vicente e das Intenções da Política de Assistência Social. HUMANIDADES & INOVAÇÃO, v. 5, p. 235-250, 2018.Publicou também em 2018 o capítulo de livro: SILVA, Jean Bezerra da. Diálogos sobre gênero e sexualidade a partir do curso de especialização em Gênero e Diversidade na Escola no Polo de Araguatins/TO. In: Bruna Andrade Irineu; Marcos Felipe Gonçalves Maia. (Org.). GÊNERO E DIVERSIDADE NA ESCOLA: Cenas, contextos e indicadores educacionais da Região do Tocantins. 1ed.Palmas- TO: EDUFT, 2018, v. , p. 48-60


Luiz Regason Bressan: conclui o mestrado em 2018 e atua como assessor parlamentar a nível federal e na câmara municipal de Marabá-PA.

Jessica Alejandra Solórzano Orellana: concluiu o mestrado em 2019, e ingressou no doutorado do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento do Trópico Úmido (PPGDSTU/NAEA/UFPA). Publicou em 2019 o resumo completo: ORELLANA, J. A. S..
Produção de Energia na América Latina e no Caribe. Reflexões sobre suas Características e Paradoxos na Amazônia.. In: IX Encontro Nacional da ANPPAS 'CONEXÕES, DEMOCRACIA e SUSTENTABILIDADE', 2019, Brasília. ANAIS Encontro da Associação Nacional de PósGraduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade IX ENANPPAS, 2019.


Deise da Silva Lobo: concluiu o mestrado em 2018. É professora de Ciências na rede municipal de ensino de Marabá. Em 2018 publicou o artigo: LOBO, D. S.; SILVA, L. M. S. ; SANTOS, D. S. Construção do conhecimento agroecológico na escola família agrícola de Marabá-PA. Cadernos Agroecológicos, v. 13, p. 1-7, 2018.


Raimunda Maria Santos da Silva: concluiu o mestrado em 2018 e é coordenadora Local do Escritório da Emater em São João do Araguaia. Entre 2018 e 2019 publicou os trabalhos: a) SILVA, R. M. S.; MELLO, A. H. . AGROPECUÁRIA NA REGIÃO SUDESTE DO PARÁ E ESTRATÉGIAS DE MANEJO PRODUTIVO EM LOTES DE AGRICULTORES FAMILIARES. 2019. (Apresentação de Trabalho/Outra). B) SILVA, R. M. S.; MELLO, A. H.. DEGRADAÇÃO AMBIENTAL NA REGIÃO AMAZÔNICA E NO ASSENTAMENTO CASTANHAL ARARAS. 2019. (Apresentação de Trabalho/Outra). C) SILVA, R. M. S.; MELLO, A. H. . ESTRATÉGIAS DE MANEJO PRODUTIVO DAS FAMÍLIAS DO PROJETO DE ASSENTAMENTO CASTANHAL ARARAS. 2018. (Apresentação de trabalho). Também participou entre os anos de 2018 e 2019 dos eventos: a) IV COLÓQUIO DISCURSO E MÍDIA A AMAZÔNIA: Interculturalidade e Resistência. AGROPECUÁRIA NA REGIÃO SUDESTE DO PARÁ E ESTRATÉGIAS DE MANEJO PRODUTIVO EM LOTES DE AGRICULTORES FAMILIARES. 2019. (Outra). B) IV ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIFESSPA.DEGRADAÇÃO AMBIENTAL NA REGIÃO AMAZÔNICA E NO ASSENTAMENTO CASTANHAL ARARAS. 2019. (Encontro). C) Reunião Técnica de Alinhamento sobre Créditos Amparados pelo Programa Nacional de Fortalecimento de Agricultura Familiar-PRONAF. 2018. (Outra). D) Roda de Conversas com o tema: Agroecologia: transição de acampamentos para assentamentos. 2018. (Outra).


Erika Joselma da Silva Curvina: concluiu o mestrado em 2019 e participa do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Mudança Social no Sudeste Paraense (GEPEMSSP), registrado no CNPq. Pesquisadora no Projeto de Pesquisa: As lutas dos atingidos pela usina hidrelétrica de Tucuruí: das primeiras mobilizações em contexto autoritário às condições de mobilização subsequentes à redemocratização do país, pela UNIFESSPA registrado na CAPES. Em 2020 recebeu o aceite de publicação do artigo: CURVINA, Erika Joselma da Silva; MOREIRA, E. S. S. O DESLOCAMENTO COMPULSÓRIO EX SITU PROVOCADO PELA HIDRELÉTRICA DE TUCURUÍ EM JACUNDÁ (PA): UMA RECONSTRUÇÃO A PARTIR DA MEMÓRIA. REVISTA IDEAS (ONLINE), 2020.

Richelly de Nazaré Lima da Costa: conclui o mestrado em 2019 e atualmente pertence ao quadro efetivo da Fundação Nacional do Índio-FUNAI, onde desenvolve atividades relacionadas a articulação da saúde indígena, Segurança Alimentar e Nutricional e educação escolar indígena nas três esferas do Governo.

Fabricio Araújo Costa: concluiu o mestrado em 2019 e é professor no município de Jacundá.

Amarildo José Mazutti: concluiu o mestrado em 2019, e atua como juiz da Vara Agrária no Tribunal de Justiça do Estado do Pará.

Keylla Lopes de Almeida: Concluiu o mestrado em 2019 e atualmente é Ouvidora Agrária Regional do Incra SR-27.

Edna Carolina Mayorga Sanchez: Concluiu o mestrado em 2019 e está cursando o doutorado em Antropologia Social no PPGAS - Museu Nacional - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Participou em 2019 da banca de defesa de dissertação: RIBEIRO, N. B; SILVA, JERÔNIMO DA S; POSSA, H. M.; MAYORGA, S. Edna, C.. Participação em banca de Edna Carolina Mayorga Sánchez. DISCURSO CANIBAL, ENTRE TORNAR-SE O OUTRO OU INVENTÁ-LO: Critica decolonial aos processos de subjetivação de indígenas no domínio da saúde mental. 2019. Dissertação (Mestrado em Dinâmicas Territoriais e Sociedade na Amazônia) - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. Em 2019 participou do encontro: ENCONTRO - IV ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIFESSPA.NEOLIBERALISMO, BIOPOLÍTICA E DISPOSITIVOS DE ASSISTÊNCIA EM SAÚDE INDÍGENA. 2019. (Encontro).

Milton Pereira: Concluiu o mestrado em 2019 e atua desde 2008 como professor na
rede de educação estadual e municipal nos municípios de Marabá e Redenção. Publicou em 2019 o artigo: LIMA, M. P. 'Salvemos os nossos índios': uma catequese dominicana no Araguaia (1922-1933). Revista de História da UEG, v. v.8, p. fluxo contínuo, 2019. Organizou e publicou o capítulo de livro: LIMA, M. P.. Narrativa e História Araguaiana, entre missionários indígenas e sertanejos. 1. ed. Belém: Folheando, 2019. v. 1. Em 2019 também apresentou os trabalhos: a) LIMA, M. P.. As Novas Relações Espaço - Tempo na Região de Fronteira. 2019. (Apresentação de Trabalho/Seminário). B) LIMA, M. P.. Memória sobre demandas e práticas educacionais em Redenção, Sul do Pará. 2019. (Apresentação de Trabalho/Simpósio). Participou também em 2019 dos seminários a seguir: a) II Seminário Municipal de Educação:
Tema Educação de qualidade: Perspectivas e construção sistemática. I Seminário Municipal de Educação: Tema Educação de qualidade: Perspectivas e construção sistemática.. 2019. (Seminário). B) Seminário As Novas relações Espaço Tempo na Região de fronteira. Mesa olhares sobre o Sul e Sudeste do Pará. 2019. (Seminário).

Joyara Maria Silva de Oliveira: Concluiu o mestrado em 2019. Publicou em 2019 os artigos: a) ANJOS, H. P. ; Silva, Moisés P. ; OLIVEIRA, J. M. S. . A PROBLEMATIZAÇÃO DO PROGRAMA ESCRAVO, NEM PENSAR: NA PERSPECTIVA FREIRIANA. Debates Insubmissos, v. 2, p. 83, 2019. B) Silva, Moisés P. ; OLIVEIRA, J. M. S. . PAULO FREIRE E A EDUCAÇÃO HISTÓRICA: DESAFIOS E POSSIBILIDADES PARA A ATUAÇÃO DOCENTE NO SISTEMA MODULAR DE ENSINO DA REDE PÚBLICA ESTADUAL PARAENSE. Debates Insubmissos, v. 2, p. 34, 2019. Publicou também em 2019 o capítulo de livro: OLIVEIRA, J. M. S.; ANJOS, H. P. . Trabalho escravo contemporâneo: a disputa ideológica na produção de um conceito. In: Ricardo Rezende Figueira; Adonia Antunes Prado; Edna Maria Galvão. (Org.). Escravidão: moinho de gentes no século XXI. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad X, 2019, v. 1, p. 83-97.

Maria Regina Ceo Andrade: Concluiu o mestrado em 2019 e atua como professora nas disciplinas de História da Psicologia na Faculdade Metropolitana de Marabá.

Claudiana Gomes Guido: Concluiu o mestrado em 2019 e atua como técnica em
Assuntos Educacionais da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, na Coordenadoria de Cultura da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, desenvolvendo e mediando atividades como a comunidade acadêmica e comunidade externa nas seguintes temáticas: cinema, conflitos regionais e movimentos sociais, cultura regional, artes cênicas, artes plásticas, música. Como pesquisadora atua nas áreas da educação básica, ação afirmativa, cultura e política educacional. Em 2019
apresentou o trabalho GUIDO, C. G.; SANTOS FILHO, A. S. . EDUCAÇÃO E COTIDIANO: UM ENFOQUE NA MATERIALIZAÇÃO DAS POLÍTICAS EDUCACIONAIS NA ESCOLA PÚBLICA. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação). Participou na organização dos seguintes eventos: a) SILVA JUNIOR, A. L. ; GOMES JUNIOR, E. ; MEDEIROS, E. C. ;
GUIDO, C. G. . 5º FIA CINEFRONT - Festival Internacional Amazônida de Cinema de
Fronteira. 2019. (Festival). B) SILVA, C. S. ; GOMES JUNIOR, E. ; CATALAO, L. P. ;
RODRIGUES, L. N. ; GUIDO, C. G. . V SEMANA DE RECEPÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS ALOUROS. 2019. (Outro)

registrado em:
Fim do conteúdo da página